Loja dos Açores em Lisboa

Abr. 2008

As associações de desenvolvimento local dos Açores ARDE, GRATER, ASDEPR e ADELIAÇOR assinaram a 3 de Abril, a escritura de compra de um espaço na baixa de Lisboa. Trata-se do momento mais importante para a concretização de um sonho: a criação da primeira loja de produtos açorianos na maior cidade do país. A loja, situada na Rua de S. Julião, constituirá um espaço especializado na valorização de produtos de todas as ilhas dos Açores, um autêntico serviço de promoção da região.

Não se trata de um espaço para «escoar» produtos dos Açores mas sim para valorizar e preservar os recursos regionais que, para além da paisagem marcante das ilhas, são um instrumento económico de manutenção do espaço rural açoriano, de recuperação de métodos tradicionais de produção, num serviço que acrescenta valor ao empenho dos açorianos.

A procura de produtos dos Açores no continente português justifica uma rede de comercialização de produtos e serviços dos Açores, uma forma de ultrapassar as limitações resultantes dos interesses e da função que desempenham as grandes superfícies comerciais.

O desenvolvimento do turismo, designadamente com o aumento do número de visitantes continentais, justifica em pleno a comercialização especializada de produtos dos Açores, a única forma de concentrar a diversidade das produções das nove ilhas açorianas.

Este projecto dos Açores e para os Açores vai ao encontro da expectativa de todas as empresas de produtos regionais, algumas das quais com dificuldade em aceder a mercados de maior dimensão ou fora da região.

A qualidade e a diversidade serão a «imagem de marca» dos saberes e sabores dos Açores, naquele espaço cuja processo de concepção e decoração é iniciado a partir de hoje.

A sua localização na baixa de Lisboa, para além de emblemática e marcante, garante a proximidade aos milhões de turistas de todo o mundo que visitam o centro histórico da cidade, agora servida de melhores acessos e meios de transporte público.

Lacticínios, carne, vinhos e licores, ananás, mel, compotas, artesanato, bordados e serviços de interesse turístico são alguns dos produtos que vão merecer a atenção do espaço comercial açoriano em Lisboa, cujos promotores contam com o apoio de todas as entidades públicas e empresas privadas para o sucesso da iniciativa que estão certos será o estímulo para a realização de outros investimentos em Lisboa e no continente português, ao serviço dos interesses dos Açores.

As associações promotoras do desenvolvimento local dos Açores pretendem recriar uma experiência inovadora de compras e de informação promocional da região.

Lisboa, 3 de Abril de 2008

ARDE, GRATER, ASDEPR, ADELIAÇOR


Terra Viva 2019


I14-TERRAXVIVA.JPG

A 3.ª edição do programa Terra Viva da Antena da TSF deu voz e ouvidos a 54 promotores e promotoras de projetos, beneficiários da Medida LEADER do PDR2020 através dos Grupos de Ação Local do Continente, entre os dias 3 de junho e 9 de julho de 2019.

ELARD

 

I19-BOTXXOXFMTXPRESIDENCIA.JPG

 

A ELARD, constituída por redes nacionais de desenvolvimento rural, congrega Grupos de Ação Local gestores do LEADER/DLBC de 26 países europeus. A MINHA TERRA foi presidente da ELARD no biénio 2018-2019.

54 Projetos LEADER 2014-2020

 
I2-54XPROJETOS.JPG

Repertório de projetos relevantes e replicáveis apoiados no âmbito da Medida 10 LEADER do Programa de Desenvolvimento Rural 2020 elaborado pela Federação Minha Terra.

Cooperação LEADER


Edição da Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural e Federação Minha Terra, publicada no âmbito do projeto “Territórios em Rede II”, com o apoio do Programa para a Rede Rural Nacional.






Agenda

26.º Seminário Europeu sobre Extensão Educativa

2023-07-10 a 2023-07-13, Toulouse, França

Receitas e Sabores dos Territórios Rurais

 

 I15-LIVROX7MG.JPG 

O livro “Receitas e Sabores dos Territórios Rurais”, editado pela Federação Minha Terra, compila e ilustra 245 receitas da gastronomia local de 40 territórios rurais, do Entre Douro e Minho ao Algarve.





[ETAPA RACIONAL ER4WST V:MINHATERRA.PT.5]