O DLBC precisa de uma reforma

2017-11-28

A Rede Europeia de iniciativas de base comunitária para as alterações climáticas e a sustentabilidade – ECOLISE comunicou à Comissão Europeia e ao Comité Europeu Social e Económico (CESE) a necessidade de alterar o principal instrumento financeiro de apoio ao desenvolvimento local ascendente para que se torne mais acessível às iniciativas locais.

Apesar de reconhecer que o Desenvolvimento de Base Local Comunitária (DLBC) é uma boa ferramenta para providenciar um apoio ajustado às realidades locais, a ECOLISE considera que ainda falta ultrapassar algumas barreiras, identificadas nomeadamente pelos membros da sua rede:

  • O DLBC não é acessível a todas as comunidades;
  • Muitos DLBC preferem apostar em atividades de desenvolvimento económico de curto prazo, do que investir em processos de transição de longo prazo;
  • Potenciais beneficiários têm dificuldade em aceder aos apoios DLBC, devido à falta de conhecimentos, de competências ou de experiência no que respeita aos apoios financeiros ao desenvolvimento local.

Para apoiar efetivamente acções comunitárias relacionadas com alterações climáticas e sustentabilidade, a rede ECOLISE recomenda vivamente que os futuros programas DLBC contemplem:

  • Acessibilidade a todas as comunidades (nas áreas rurais e urbanas) em toda a UE;
  • Integração da necessidade de transição para uma economia e sociedade de baixo carbono;
  • Inclusão de um tema prioritário sobre as comunidades sustentáveis;
  • Garantia que as iniciativas de base local relacionadas com as alterações climáticas e sustentabilidade fiquem representadas nos processos de governância local e de decisão, contribuindo para as estratégias de desenvolvimento local;
  • Orientação para resultados estabelecidos a nível da UE;
  • Apoio financeiro à animação, reconhecido como um elemento chave e uma mais-valia do Programa LEADER;
  • Provisão de níveis mais elevados de co-financiamento para projetos promovidos por organizações comunitárias;
  • Simplificação processual e administrativa.


Terra Viva 2019


I14-TERRAXVIVA.JPG

A 3.ª edição do programa Terra Viva da Antena da TSF deu voz e ouvidos a 54 promotores e promotoras de projetos, beneficiários da Medida LEADER do PDR2020 através dos Grupos de Ação Local do Continente, entre os dias 3 de junho e 9 de julho de 2019.

ELARD

 

I19-BOTXXOXFMTXPRESIDENCIA.JPG

 

A ELARD, constituída por redes nacionais de desenvolvimento rural, congrega Grupos de Ação Local gestores do LEADER/DLBC de 26 países europeus. A MINHA TERRA foi presidente da ELARD no biénio 2018-2019.

54 Projetos LEADER 2014-2020

 
I2-54XPROJETOS.JPG

Repertório de projetos relevantes e replicáveis apoiados no âmbito da Medida 10 LEADER do Programa de Desenvolvimento Rural 2020 elaborado pela Federação Minha Terra.

Cooperação LEADER


Edição da Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural e Federação Minha Terra, publicada no âmbito do projeto “Territórios em Rede II”, com o apoio do Programa para a Rede Rural Nacional.






Agenda

Roda de Diálogo para a Alimentação

2022-09-15 a 2022-09-29, Eventos online

Formação Prática em Planeamento Holístico e Planos de Pastoreio

2022-09-29 a 2022-09-30, Salão da Junta de Freguesia de Mértola

Iniciativa "Há Festa na Aldeia" está de regresso à aldeia de Ul

2022-10-01 a 2022-10-02, Ul, Oliveira de Azeméis

Cimeira Nacional de AgroInovação 2022

2022-10-11 a 2022-10-12, CNEMA, Santarém

Receitas e Sabores dos Territórios Rurais

 

 I15-LIVROX7MG.JPG 

O livro “Receitas e Sabores dos Territórios Rurais”, editado pela Federação Minha Terra, compila e ilustra 245 receitas da gastronomia local de 40 territórios rurais, do Entre Douro e Minho ao Algarve.





[ETAPA RACIONAL ER4WST V:MINHATERRA.PT.5]