O Prémio Internacional de Desenvolvimento Local 2017

2017-01-27

I12899-IMAGEM1.JPG

Estão abertas até 15 de abril as candidaturas ao Prémio Internacional de Desenvolvimento Local que visa distinguir trabalhos de investigação e iniciativas de promoção e apoio ao desenvolvimento local e territorial que obtiveram sucesso, e merecedoras de reconhecimento internacional.

O concurso lançado pelo Centro de Investigação sobre o Espaço e as Organizações (CIEO) da Universidade do Algarve, o Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra, e o Centro de Investigação sobre a Internacionalização das Economias Locais (CRIEL) da Universidade de Insubria (Itália) comporta quatro secções – ensaios, jovens investigadores, territórios e empresas.

Refira-se que à Secção “territórios” podem-se candidatar territórios “que se destaquem por acções inovadoras essenciais para a sua transformação económica e social, permitindo-lhes ultrapassar o atraso, o declínio prolongado ou a estagnação económica, assim como territórios que tenham iniciado ou promovido um processo de desenvolvimento integrado ou em parceria nos seguintes domínios: inovação, internacionalização, qualificação de recursos humanos”. As candidaturas de agências de desenvolvimento, instituições públicas, associações privadas, organização em parceria público-privado, consórcios e outras organizações que concorram para a concretização de políticas e estratégias de desenvolvimento local são elegíveis.

Na Secção "empresas" aceitam-se candidaturas de "empresas, singulares ou associadas, que tenham desenvolvido iniciativas e projetos que envolvam outros atores e territórios nos seguintes domínios: inovação, internacionalização, formação e qualificação de recursos humanos, desenvolvimento empresarial, coesão social, integração de cadeias produtivas (responsabilidade territorial das empresas)".

O prémio internacional insere as seguintes ambições – relevar a necessidade de mobilizar ideias e projetos para o desenvolvimento com base nos recursos locais, e ajudar a criar uma ligação entre a reflexão dos académicos e a dos agentes no terreno.

A cerimónia de entrega do prémio vai ocorrer no quadro da Conferência Internacional de Desenvolvimento Local, a realizar em maio, na Universidade do Algarve.

Para mais informações, consultar em http://cieo15.wixsite.com/localdev2017award ou contatar o investigador responsável: Hugo Pinto – hpinto@ces.uc.pt

Documentos Anexos:

Anúncio do Concurso


Terra Viva 2019


I14-TERRAXVIVA.JPG

A 3.ª edição do programa Terra Viva da Antena da TSF deu voz e ouvidos a 54 promotores e promotoras de projetos, beneficiários da Medida LEADER do PDR2020 através dos Grupos de Ação Local do Continente, entre os dias 3 de junho e 9 de julho de 2019.

ELARD

 

I19-BOTXXOXFMTXPRESIDENCIA.JPG

 

A ELARD, constituída por redes nacionais de desenvolvimento rural, congrega Grupos de Ação Local gestores do LEADER/DLBC de 26 países europeus. A MINHA TERRA foi presidente da ELARD no biénio 2018-2019.

54 Projetos LEADER 2014-2020

 
I2-54XPROJETOS.JPG

Repertório de projetos relevantes e replicáveis apoiados no âmbito da Medida 10 LEADER do Programa de Desenvolvimento Rural 2020 elaborado pela Federação Minha Terra.

Cooperação LEADER


Edição da Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural e Federação Minha Terra, publicada no âmbito do projeto “Territórios em Rede II”, com o apoio do Programa para a Rede Rural Nacional.






Agenda

Workshop “Novas oportunidades na cultura do medronheiro – da produção ao consumo”

2023-02-17, Escola Profissional Cândido Guerreiro, Alte (Loulé)

26.º Seminário Europeu sobre Extensão Educativa

2023-07-10 a 2023-07-13, Toulouse, França

Receitas e Sabores dos Territórios Rurais

 

 I15-LIVROX7MG.JPG 

O livro “Receitas e Sabores dos Territórios Rurais”, editado pela Federação Minha Terra, compila e ilustra 245 receitas da gastronomia local de 40 territórios rurais, do Entre Douro e Minho ao Algarve.





[ETAPA RACIONAL ER4WST V:MINHATERRA.PT.5]