Instalação de sistema de eficiência energética em Central Frutícola

Cantanhede

A Fruti-Taipina, fundada em 1989, dedica-se ao comércio de frutas e hortícolas. Presente no mercado nacional e internacional – França, Luxemburgo, Alemanha, Espanha, Suíça, Cabo Verde, Angola, Brasil, EUA e Canadá –, é também uma importante plataforma de escoamento da produção local e regional.

I13892-FRUTITAIPINA-7.JPG

Após a colheita, armazena o ano todo a fruta – sobretudo pera e maçã – de muitos produtores parceiros da região, em câmaras frigoríficas, procedendo depois à sua calibragem e distribuição no mercado nacional e externo. Cerca de 45% do volume de negócio desta empresa destina-se ao mercado externo.

Movida pela vontade de se modernizar e, sobretudo, de competir de forma sustentada, a empresa de Cantanhede decidiu reduzir custos de funcionamento, investindo na instalação de um sistema energético sustentável de autoconsumo fotovoltaico, através de uma candidatura LEADER à AD ELO - Associação de Desenvolvimento Local da Bairrada e Mondego. Contando que anualmente a poupança de energia é de cerca de 30.000 euros, a empresa espera recuperar o investimento em três anos. Esta estratégia permitiu diminuir custos e superar falhas de eletricidade, facilitando mesmo a contratação de um novo colaborador.

I13892-FRUTITAIPINAXCOLHEITAXXXEMB-4.JPG

Para além dos ganhos económicos e financeiros evidentes associados a este tipo de investimento, a imagem corporativa da Fruti-Taipina também sai reforçada pela integração da dimensão de responsabilidade ambiental na empresa. A iniciativa abre um novo ciclo na cultura empresarial local, através da valorização de investimentos das próprias empresas na promoção e reforço da sua sustentabilidade económica e ambiental.

  • Operação: 10.2.1.2 – Pequenos investimentos na transformação e comercialização do PDR2020
  • Promotor: Fruti-Taipina, Lda.
  • Localização: Cantanhede
  • Investimento total elegível:176.550,16 euros
  • Despesa pública: 79.447,57 euros
  • Postos de trabalho: 1

Projeto apoiado pelo Grupo de Ação Local AD ELO no quadro da Abordagem LEADER do PDR 2020, divulgado na Brochura "54 projetos LEADER 2014-2020 para o desenvolvimento dos territórios rurais" (as páginas deste projeto estão disponíveis para consulta ou download em anexo a este artigo).


Terra Viva 2019


I14-TERRAXVIVA.JPG

A 3.ª edição do programa Terra Viva da Antena da TSF deu voz e ouvidos a 54 promotores e promotoras de projetos, beneficiários da Medida LEADER do PDR2020 através dos Grupos de Ação Local do Continente, entre os dias 3 de junho e 9 de julho de 2019.

ELARD

 

I19-BOTXXOXFMTXPRESIDENCIA.JPG

 

A ELARD, constituída por redes nacionais de desenvolvimento rural, congrega Grupos de Ação Local gestores do LEADER/DLBC de 26 países europeus. A MINHA TERRA foi presidente da ELARD no biénio 2018-2019.

54 Projetos LEADER 2014-2020

 
I2-54XPROJETOS.JPG

Repertório de projetos relevantes e replicáveis apoiados no âmbito da Medida 10 LEADER do Programa de Desenvolvimento Rural 2020 elaborado pela Federação Minha Terra.

Cooperação LEADER


Edição da Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural e Federação Minha Terra, publicada no âmbito do projeto “Territórios em Rede II”, com o apoio do Programa para a Rede Rural Nacional.






Agenda

Cimeira Nacional de AgroInovação 2022

2022-10-11 a 2022-10-12, CNEMA, Santarém

Dia Municipal para a Igualdade 2022

2022-10-17 a 2022-10-31, Atividades em todo o país

Workshop "Promoção da igualdade de género nas zonas rurais da UE"

2022-11-15, Andolsheim (Alto Reno, França)

Receitas e Sabores dos Territórios Rurais

 

 I15-LIVROX7MG.JPG 

O livro “Receitas e Sabores dos Territórios Rurais”, editado pela Federação Minha Terra, compila e ilustra 245 receitas da gastronomia local de 40 territórios rurais, do Entre Douro e Minho ao Algarve.





[ETAPA RACIONAL ER4WST V:MINHATERRA.PT.5]