7 Maravilhas da Gastronomia

2011-05-10

Finalistas com um sabor muito especial

Entre as 21 finalistas na eleição das 7 Maravilhas da Gastronomia, reveladas no passado sábado, 7 de maio 2011, em Santarém - cidade anfitriã da iniciativa - encontram-se algumas iguarias com um sabor muito especial para os GAL?

Uma entrada que é o ex-libris do fumeiro transmontano, em especial de Mirandela; um caldo verde de origem minhota mas adotado por todas as regiões; o famoso arroz de marisco da praia de Vieira de Leiria; e um coelho à caçador preparado somente com vinho tinto, preferencialmente, do Dão (nunca água!).

A par destas especialidades, apresentadas a concurso pela DESTEQUE, ADRIMINHO, ADAE e ADICES, juntam-se outras finalistas (e pré-finalistas) que têm vindo a mobilizar os Grupos de Ação Local (GAL), numa ação de apoio incondicional às candidaturas das suas regiões.

Da shortlist agora revelada, assim como da lista das 70 pré-finalistas, são vários e variados os pratos que ilustram o forte envolvimento dos GAL na iniciativa, unidos na partilha de um objetivo comum: divulgar e promover o património gastronómico dos «seus» territórios.

A conquista do estatuto de finalista pelo afamado leitão da Bairrada e pelos não menos famosos Pastéis de Tentúgal, ou ainda pelo inigualável queijo Serra da Estrela, muito deve também ao empenho dos GAL - AD ELO e ADIBER - que encontraram nesta «parceria» uma forma de materialização concreta dos seus princípios de atuação.

Para os GAL, a eleição destas especialidades gastronómicas, de grande importância no contexto socioeconómico local, só vem comprovar a excelência dos produtos de qualidade produzidos nos territórios rurais.

Parceiros das 7 Maravilhas da Gastronomia desde a primeira hora, no âmbito da Cooperação LEADER, junto com a Federação MINHA TERRA, na qualidade de parceiro científico, os GAL empenharam-se de forma exemplar na divulgação da iniciativa, de forma a incentivar a participação dos seus territórios.

Logo na primeira fase, de receção de candidaturas, entre 7 de fevereiro e 27 de março, o contributo dos GAL foi valioso: 140 nomeações, entre as 433 candidaturas apresentadas. Um número significativo destas 140 viria a integrar a lista das 70 pré-finalistas, anunciada a 7 de abril.

As 21 finalistas - três por cada uma das sete categorias (entradas, sopas, marisco, peixe, carne, caça e doces) e uma pelo menos de cada uma das 10 regiões administrativas (Entre Douro e Minho, Trás-os-Montes e Alto Douro, Beira Litoral, Beira Interior, Estremadura e Ribatejo, Lisboa e Setúbal, Alentejo, Algarve, Açores e Madeira) - encontram-se agora, e até 7 de setembro, a votação pública.

Depois de 70 «especialistas» e 21 «notáveis», responsáveis pela eleição das 70 pré-finalistas (10 por categoria) e as 21 finalistas (três por categoria), é ao público que cabe agora a decisão de eleger as 7 Maravilhas da Gastronomia portuguesa.

Conheça as 21 Finalistas no site das 7 Maravilhas e faça a sua escolha... Também é possível votar por telefone, SMS ou através do Facebook (www.facebook.com/7MGastronomia), usando os códigos associados a cada um dos pratos.

A escolha não é fácil. Senão vejamos?

Entradas

Sopas

Mariscos

Peixe

Carne

Caça

Doces

As vencedoras serão apuradas pelo maior número de votos, independentemente da categoria e não serão eleitas mais do que duas maravilhas por região.

As 7 Maravilhas da Gastronomia serão conhecidas em setembro num espetáculo transmitido em direto pela RTP1 a partir de Santarém.

Para os GAL, porém, a divulgação e promoção dos saberes e sabores do receituário tradicional português não acaba aqui, pois esta é uma das dimensões intrínsecas às suas estratégias de desenvolvimento para os territórios.


Terra Viva 2019


I14-TERRAXVIVA.JPG

A 3.ª edição do programa Terra Viva da Antena da TSF deu voz e ouvidos a 54 promotores e promotoras de projetos, beneficiários da Medida LEADER do PDR2020 através dos Grupos de Ação Local do Continente, entre os dias 3 de junho e 9 de julho de 2019.

ELARD

 

I19-BOTXXOXFMTXPRESIDENCIA.JPG

 

A ELARD, constituída por redes nacionais de desenvolvimento rural, congrega Grupos de Ação Local gestores do LEADER/DLBC de 26 países europeus. A MINHA TERRA foi presidente da ELARD no biénio 2018-2019.

54 Projetos LEADER 2014-2020

 
I2-54XPROJETOS.JPG

Repertório de projetos relevantes e replicáveis apoiados no âmbito da Medida 10 LEADER do Programa de Desenvolvimento Rural 2020 elaborado pela Federação Minha Terra.

Cooperação LEADER


Edição da Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural e Federação Minha Terra, publicada no âmbito do projeto “Territórios em Rede II”, com o apoio do Programa para a Rede Rural Nacional.






Agenda

Roda de Diálogo para a Alimentação

2022-09-15 a 2022-09-29, Eventos online

Formação Prática em Planeamento Holístico e Planos de Pastoreio

2022-09-29 a 2022-09-30, Salão da Junta de Freguesia de Mértola

Iniciativa "Há Festa na Aldeia" está de regresso à aldeia de Ul

2022-10-01 a 2022-10-02, Ul, Oliveira de Azeméis

Cimeira Nacional de AgroInovação 2022

2022-10-11 a 2022-10-12, CNEMA, Santarém

Receitas e Sabores dos Territórios Rurais

 

 I15-LIVROX7MG.JPG 

O livro “Receitas e Sabores dos Territórios Rurais”, editado pela Federação Minha Terra, compila e ilustra 245 receitas da gastronomia local de 40 territórios rurais, do Entre Douro e Minho ao Algarve.





[ETAPA RACIONAL ER4WST V:MINHATERRA.PT.5]