Posição da ELARD sobre o Relatório «Aplicação da Abordagem LEADER ao Desenvolvimento Rural»

2011-02-23

A ELARD sustenta que o relatório do Tribunal de Contas sobre o LEADER tende a generalizar conclusões específicas e limitadas, a partir de uma abordagem puramente «tecnocrática», transmitindo uma «imagem irrealista e sombria» da aplicação do programa.

A ELARD (European LEADER Association for Rural Developement) considera que o trabalho do Tribunal de Contas, reflectido no relatório sobre o LEADER é, de um modo geral, satisfatório do ponto de vista técnico. Muitas questões importantes que constituem obstáculos para a implementação do LEADER foram correctamente detectadas e sublinhadas. Contudo, para a ELARD, o relatório peca pela ausência de compreensão do verdadeiro espírito do LEADER, o que, por sua vez, conduziu a uma série de «conclusões e suposições doentias» sobre a sua implementação, sobretudo ao nível dos Grupos de Acção Local (GAL).

A ELARD sustenta que o documento do Tribunal de Contas tende a generalizar conclusões específicas e limitadas, a partir de uma abordagem puramente «tecnocrática» do LEADER, transmitindo uma «imagem irrealista e sombria» da sua aplicação.

A ELARD reconhece que a abordagem LEADER ainda não atingiu todo o seu potencial, mas defende que as verdadeiras dificuldades desta abordagem decorrem do enquadramento estrutural dos programas e não da gestão dos GAL e dos actores locais. A integração do LEADER nos Programas de Desenvolvimento Rural resultou no reforço das competências a nível nacional e/ou regional, e ocasionalmente no descrédito dos actores locais e privilegiou o poder político em relação ao poder da sociedade civil, causando um atraso significativo no desenvolvimento das zonas rurais, e pondo em causa a "abordagem bottom-up".

Por fim, a ELARD defende que os reais problemas do LEADER requerem a atenção dos GAL, das autoridades de gestão e da Comissão Europeia, numa base colectiva de modo a identificar todos os aspectos que é necessário melhorar, e que este diálogo deve enquadrar as discussões sobre desenvolvimento do LEADER após 2013.

A ELARD é uma associação sem fins lucrativos criada em 1999, na Bélgica, com o objectivo de apoiar a melhoria da qualidade de vida nas zonas rurais e manter a sua população através de estratégias integradas de desenvolvimento local, implementadas no âmbito da Abordagem LEADER.

Atualmente, a ELARD representa mais de 620 GAL de 16 Estados-membros, quer através das suas redes nacionais quer como membros individuais. A MINHA TERRA é membro da ELARD.


Terra Viva 2019


I14-TERRAXVIVA.JPG

A 3.ª edição do programa Terra Viva da Antena da TSF deu voz e ouvidos a 54 promotores e promotoras de projetos, beneficiários da Medida LEADER do PDR2020 através dos Grupos de Ação Local do Continente, entre os dias 3 de junho e 9 de julho de 2019.

ELARD

 

I19-BOTXXOXFMTXPRESIDENCIA.JPG

 

A ELARD, constituída por redes nacionais de desenvolvimento rural, congrega Grupos de Ação Local gestores do LEADER/DLBC de 26 países europeus. A MINHA TERRA foi presidente da ELARD no biénio 2018-2019.

54 Projetos LEADER 2014-2020

 
I2-54XPROJETOS.JPG

Repertório de projetos relevantes e replicáveis apoiados no âmbito da Medida 10 LEADER do Programa de Desenvolvimento Rural 2020 elaborado pela Federação Minha Terra.

Cooperação LEADER


Edição da Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural e Federação Minha Terra, publicada no âmbito do projeto “Territórios em Rede II”, com o apoio do Programa para a Rede Rural Nacional.






Agenda

Cimeira Nacional de AgroInovação 2022

2022-10-11 a 2022-10-12, CNEMA, Santarém

Dia Municipal para a Igualdade 2022

2022-10-17 a 2022-10-31, Atividades em todo o país

Workshop "Promoção da igualdade de género nas zonas rurais da UE"

2022-11-15, Andolsheim (Alto Reno, França)

Receitas e Sabores dos Territórios Rurais

 

 I15-LIVROX7MG.JPG 

O livro “Receitas e Sabores dos Territórios Rurais”, editado pela Federação Minha Terra, compila e ilustra 245 receitas da gastronomia local de 40 territórios rurais, do Entre Douro e Minho ao Algarve.





[ETAPA RACIONAL ER4WST V:MINHATERRA.PT.5]