«O impacto da PAC nos agricultores europeus - É uma Política justa?»

2012-10-16

2012

Foi o tema da mesa-redonda realizada em Lisboa, na passada sexta-feira, 12 de outubro, a propósito dos 50 anos da Política Agrícola Comum (PAC), numa sessão que contou com a participação da associação de desenvolvimento local ADREPES.

Na sua intervenção, Cláudia Bandeiras destacou a importância da Abordagem LEADER e o papel das associações de desenvolvimento local tanto no nosso país como na União Europeia.

A técnica da ADREPES - Associação para o Desenvolvimento Rural da Península de Setúbal espera a continuidade da aplicação da Abordagem LEADER nas políticas de desenvolvimento rural, realçando a necessidade que isso seja feio por entidades que já tenham trabalhado e conheçam bem os territórios. «Desejo que haja uma coordenação bem-feita entre fundos para que a abordagem LEADER seja aplicada da melhor forma possível», disse Cláudia Bandeiras.

A mesa-redonda, realizada no auditório da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), contou com a participação de diversas entidades representativas da atividade agrícola de Portugal, Bulgária, Estónia e Malta, proporcionando a reflexão e o debate sobre a importância da agricultura.

Luís Mira, secretário-geral da CAP, lembrou que a PAC é uma política que permite aos consumidores europeus ter uma alimentação segura a um preço muito barato, realçando que uma das grandes vantagens da PAC é proporcionar a alimentação com maior segurança alimentar que existe ao nível mundial.

«O que a Comissão devia fazer era uma divisão mais equitativa de verbas distribuídas por todos os países. Hoje há um grande diferencial entre os países que entraram no pelotão da frente e os que têm recursos naturais mais reduzidos, esse equilíbrio é possível de fazer e espero que nesta reforma isso venha a acontecer», concluiu Luís Mira.

Hugo Costa Ferreira, da Direção de Serviços de Programação e Políticas do Ministério da Agricultura (GPP), afirmou na sua intervenção que «todo este processo de negociação é um processo muito complicado, porque diz respeito a todos os fundos comunitários e vai muito mais além do que a agricultura. Contudo, na área agrícola existem alterações muito importantes, nomeadamente no 1º Pilar, com necessidades tão vastas que é crucial haver recursos financeiros que só uma Política Agrícola Comum pode dar».

A iniciativa foi organizada no âmbito da Campanha de Informação Europeia «PAC: Regresso ao futuro» - projeto de cooperação entre Portugal, Estónia, Bulgária e Malta - com o objetivo de promover o debate sobre a política Agrícola Comum, por ocasião da comemoração, em 2012, do 50º aniversário da PAC. O projeto conta já com debates realizados na Bulgária e na Estónia, estando programadas ações semelhantes também na Malta.


Terra Viva 2019


I14-TERRAXVIVA.JPG

A 3.ª edição do programa Terra Viva da Antena da TSF deu voz e ouvidos a 54 promotores e promotoras de projetos, beneficiários da Medida LEADER do PDR2020 através dos Grupos de Ação Local do Continente, entre os dias 3 de junho e 9 de julho de 2019.

ELARD

 

I19-BOTXXOXFMTXPRESIDENCIA.JPG

 

A ELARD, constituída por redes nacionais de desenvolvimento rural, congrega Grupos de Ação Local gestores do LEADER/DLBC de 26 países europeus. A MINHA TERRA foi presidente da ELARD no biénio 2018-2019.

54 Projetos LEADER 2014-2020

 
I2-54XPROJETOS.JPG

Repertório de projetos relevantes e replicáveis apoiados no âmbito da Medida 10 LEADER do Programa de Desenvolvimento Rural 2020 elaborado pela Federação Minha Terra.

Cooperação LEADER


Edição da Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural e Federação Minha Terra, publicada no âmbito do projeto “Territórios em Rede II”, com o apoio do Programa para a Rede Rural Nacional.






Agenda

Evento de encerramento do projeto "Encosta Viva"

2022-10-05, Urbanização Encosta da Barata, Abrantes

Cimeira Nacional de AgroInovação 2022

2022-10-11 a 2022-10-12, CNEMA, Santarém

Dia Municipal para a Igualdade 2022

2022-10-17 a 2022-10-31, Atividades em todo o país

Workshop "Promoção da igualdade de género nas zonas rurais da UE"

2022-11-15, Andolsheim (Alto Reno, França)

Receitas e Sabores dos Territórios Rurais

 

 I15-LIVROX7MG.JPG 

O livro “Receitas e Sabores dos Territórios Rurais”, editado pela Federação Minha Terra, compila e ilustra 245 receitas da gastronomia local de 40 territórios rurais, do Entre Douro e Minho ao Algarve.





[ETAPA RACIONAL ER4WST V:MINHATERRA.PT.5]