Acerca da Minha Terra
Área de Associados

Comité das Regiões Europeu apoia DLBC na Implementação da Agenda Territorial da União Europeia 2020

2015-05-05

O Comité das Regiões reiterou o apoio aos mecanismos e instrumentos que reforçam a abordagem territorial através do Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC) e do Investimento Territorial Integrado (ITI), na medida em que criam possibilidades eficazes para habilitar as autoridades locais que utilizam fundos da União Europeia para alcançar crescimento económico e prosperidade e regressar à convergência.

O projeto de parecer sobre a melhoria da implementação da Agenda Territorial da União Europeia 2020 foi um dos pontos principais da 111ª sessão plenária do Comité das Regiões Europeu, que decorreu nos dias 16 e 17 de Abril, em Bruxelas.

 

Principais recomendações políticas do Comité das Regiões

A Agenda Territorial da União Europeia 2020 afirma-se como um quadro de ação político, destinado a promover o desenvolvimento territorial policêntrico da União Europeia, com os objetivos de fornecer orientações estratégicas para o desenvolvimento territorial, apoiar a integração da dimensão territorial nos diferentes domínios políticos a todos os níveis de governação e assegurar a aplicação da Estratégia Europa 2020. O Comité das Regiões lamentou que a Agenda Territorial tenha estado ausente da agenda política durante vários anos, e acolhe com satisfação o interesse agora demonstrado pelo atual trio de presidências (Itália, Letónia e Luxemburgo).

Reconhecendo a importância de instrumentos como o DLBC e o ITI no reforço das abordagens integradas no desenvolvimento territorial e na promoção da competitividade em territórios específicos, o Comité reforçou o seu apoio a estes instrumentos e lamentou a difícil aplicação que os Estados-Membros enfrentam, impedidos por barreiras regulamentares, que ainda permanecem nos regulamentos da UE, e pela relutância das autoridades de gestão em permitir que estes mecanismos sejam aplicados ao nível regional e local.

 

O papel das cidades secundárias e das zonas urbanas e rurais de pequena e média dimensão

Assinalando a importância do modelo de desenvolvimento regional policêntrico para a consecução da coesão territorial, o Comité salienta a importância das ligações entre as zonas urbanas e rurais, apelando à adoção de uma abordagem política favorável à criação de regiões funcionais, dentro do país e a nível transfronteiriço, dado que as zonas funcionais abrangem áreas urbanas e rurais. Estudos económicos e territoriais salientam os benefícios das zonas funcionais e o seu papel na manutenção da massa crítica para o desenvolvimento e na redução da suscetibilidade aos choques externos.

O Comité das Regiões afirmou que as zonas de exclusão social ocorrem em zonas urbanas, suburbanas e rurais, muitas vezes, adjacentes a áreas com um nível de vida digno, pelo que é fundamental ter-se em conta as especificidades infrarregionais, de forma a melhorar a implementação da Agenda Territorial.

Reconhecendo que o funcionamento eficaz das pequenas e médias cidades e a diversificação das economias rurais são elementos essenciais, será importante que as estratégias se concentrem num acesso equitativo aos serviços de interesse socioeconómico geral, no alargamento das zonas funcionais e na promoção da acessibilidade e da interligação das pequenas e médias cidades.

O Comité das Regiões apelou à construção de uma Europa aberta e policêntrica como a estratégia territorial mais coerente para reforçar o crescimento económico, a competitividade e a coesão social, de forma a realizar os objectivos de desenvolvimento sustentável promovidos pela Estratégia Europa 2020 e a Agenda Territorial 2020, para as próximas décadas.

 

Agenda Territorial e Estratégia Europa 2020

Confirmando a importância da abordagem territorial na implementação da Estratégia Europa 2020, o Comité afirmou que os objetivos europeus definidos na estratégia só poderão ser atingidos se a respectiva dimensão territorial for tida em conta, reiterando o apelo à apresentação de um Livro Branco sobre coesão territorial baseado numa análise de interação entre a Agenda Territorial 2020 e a Estratégia Europa 2020, no intuito de combater as disparidades regionais crescentes na UE.

 

O Comité das Regiões é um órgão consultivo que representa as entidades locais e regionais da União Europeia. Tem por função apresentar os pontos de vista regionais e locais sobre a legislação europeia, através de relatórios («pareceres») sobre as propostas da Comissão. A Comissão, o Conselho e o Parlamento devem consultar o Comité das Regiões antes da tomada de decisões sobre questões relativas à administração local e regional (por exemplo, sobre política de emprego, ambiente, educação ou saúde pública).

 

 

Cooperação LEADER

COOPLEADER.JPG

Edição da DGADR e Minha Terra, publicada no âmbito do projeto Territórios em Rede II, com o apoio do Programa para a Rede Rural Nacional.

Terra Viva

 

 I16-MTX1.JPG

O programa “Terra Viva”, emitido pela TSF em 2011 e em 2014, reforça a aposta de comunicação da MINHA TERRA, divulgando e promovendo iniciativas de desenvolvimento local, em meio rural.

 

Territórios em Rede

TR07MAI2013.JPG

Territórios em Rede é a revista da Cooperação LEADER, editada no âmbito do projeto Territórios Rurais em Rede - financiado pelo Programa para a Rede Rural Nacional.

3 Projetos LEADER

3PROJETOSLEADER0910.JPG

A publicação “3 Projetos LEADER” dá a conhecer projetos apoiados no âmbito daAbordagem LEADER nos Programas de Desenvolvimento Rural do Continente (PRODER), Açores (PRORURAL) e Madeira (PRODERAM). 





Newsletter

ELARD

 
I19-BOTXXOXFMTXPRESIDENCIA.JPG
 

A ELARD, constituída por redes nacionais de desenvolvimento rural, congrega Grupos de Ação Local gestores do LEADER/DLBC de 25 países europeus. A MINHA TERRA é presidente da ELARD para o biénio 2018-2019.

Projetos PDR2020 Apoiados

 
I20-PDRXPT2020XFEADER.JPG
 

Plano de Informação LEADER 2020

Rede LEADER 2020: Qualificar, Cooperar, Comunicar

LEADER DLBC em Portugal e na Europa

Plano de Informação LEADER 2020

 
I17-LOGOXLEADER2020.JPG
 

O Projeto “Plano de Informação LEADER2020” quer dar resposta aos desafios dos territórios rurais, através de atividades de disseminação de informação de caráter técnico, económico e organizacional.

Pessoas e Lugares

I1-PL18JUN2015.JPG

O jornal Pessoas e Lugares é um projeto editorial e de comunicação da MINHA TERRA dedicado ao LEADER.

Bolsa de Terras

 
I8-BOLSAXTERRAS.JPG
 

A Federação Minha Terra e 35 ADL associadas parceiras estão autorizadas para a prática de atos de gestão operacional (GeOP) da Bolsa de Terras.

Receitas e Sabores dos Territórios Rurais

 

 I15-LIVROX7MG.JPG 

O livro “Receitas e Sabores dos Territórios Rurais”, editado pela Federação Minha Terra, compila e ilustra 245 receitas da gastronomia local de 40 territórios rurais, do Entre Douro e Minho ao Algarve.





SICLIK.COM.S8V2.MINHATERRA.PT.4