Acerca da Minha Terra
Área de Associados

TAGUS dispõe de 1,5 milhões para estimular empreendedorismo e emprego

2017-05-29

De 24 de maio a 29 de dezembro, promotores de projetos de criação, modernização ou expansão de micro e pequenas empresas sediadas em Abrantes, Constância e Sardoal podem candidatar-se aos apoios geridos pelo Grupo de Ação Local da TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior num valor total de 1,5 milhões de euros, no âmbito do Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego (SI2E), co-financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) e Fundo Social Europeu (FSE).

I12997-IMGX115332XX2X.JPG

Fotografia de Fernando Baio – CM Abrantes

O que está aqui em causa é o estímulo ao empreendedorismo e ao emprego, através da comparticipação de despesas com obras de remodelação, equipamentos, planos e estudos (diagnósticos, auditorias, planos de marketing e projetos de arquitetura e de engenharia), participação em feiras e exposições no estrangeiro, como também remunerações de postos de trabalho a criar.

No território da TAGUS o apoio vai até aos 100 mil euros a fundo perdido por investimento. Cada projeto pode contar com um apoio de 40 por cento das despesas elegíveis para este financiamento. Caso seja uma empresa com menos de cinco anos, acrescem 10 por cento. Podendo acrescer outros 10 por cento, caso os projetos se enquadrem nas prioridades definidas para o território na estratégia de Desenvolvimento Local de Base Comunitária Rural (DLBC Rural) para o Ribatejo Interior, nomeadamente investimentos que promovam a valorização turística e os recursos endógenos do território, os produtos locais, agrícolas ou artesanais; comércio a retalho de produtos agrícolas e projectos que preservem a identidade territorial que envolvam crianças, idosos ou pessoas portadoras de deficiência.

No que respeita aos custos com postos de trabalho, a comparticipação pode ir até 18 meses de ordenado.

Entre 24 de maio e 29 de dezembro, vai haver três fases de apresentação de candidaturas. Em junho, estão programadas três sessões de divulgação e esclarecimento sobre este apoio:

  • 19 de junho, pelas 18h00, em Abrantes;
  • 20 de junho, pelas 18h00, em Constância;
  • 21 de Junho, pelas 18h00, no Sardoal.

Para mais informações, consulte em www.tagus-ri.pt. Para marcar uma reunião com a Equipa Técnica do Grupo de Ação Local, contacte através do email tagus@tagus-ri.pt ou do telefone 241 106 000.

Cooperação LEADER

COOPLEADER.JPG

Edição da DGADR e Minha Terra, publicada no âmbito do projeto Territórios em Rede II, com o apoio do Programa para a Rede Rural Nacional.

Terra Viva

 

 I16-MTX1.JPG

O programa “Terra Viva”, emitido pela TSF em 2011 e em 2014, reforça a aposta de comunicação da MINHA TERRA, divulgando e promovendo iniciativas de desenvolvimento local, em meio rural.

 

Territórios em Rede

TR07MAI2013.JPG

Territórios em Rede é a revista da Cooperação LEADER, editada no âmbito do projeto Territórios Rurais em Rede - financiado pelo Programa para a Rede Rural Nacional.

3 Projetos LEADER

3PROJETOSLEADER0910.JPG

A publicação “3 Projetos LEADER” dá a conhecer projetos apoiados no âmbito daAbordagem LEADER nos Programas de Desenvolvimento Rural do Continente (PRODER), Açores (PRORURAL) e Madeira (PRODERAM). 





Newsletter

Plano de Informação LEADER 2020

I17-LOGOXLEADER2020.JPG

Pessoas e Lugares

I1-PL18JUN2015.JPG

O jornal Pessoas e Lugares é um projeto editorial e de comunicação da MINHA TERRA dedicado ao LEADER.

Minha Terra no Facebook

I5-I5-FB.JPG

Bolsa de Terras

I8-BOLSAXTERRAS.JPG

A Federação Minha Terra e 35 ADL associadas parceiras estão autorizadas para a prática de atos de gestão operacional (GeOP) da Bolsa de Terras.

Receitas e Sabores dos Territórios Rurais

 

 I15-LIVROX7MG.JPG 

O livro “Receitas e Sabores dos Territórios Rurais”, editado pela Federação Minha Terra, compila e ilustra 245 receitas da gastronomia local de 40 territórios rurais, do Entre Douro e Minho ao Algarve.





SICLIK.COM.S8V2.MINHATERRA.PT.4