Acerca da Minha Terra
Área de Associados

Consulta pública sobre os fundos da UE no domínio da coesão

2018-01-16

A fim da Comissão Europeia elaborar e apresentar propostas pormenorizadas que concorrem para a próxima geração de programas financeiros do quadro financeiro plurianual pós-2020, leia-se o orçamento da UE a longo prazo, a Comissão lançou uma consulta pública sobre os fundos da UE no domínio da coesão com o objetivo de recolher opiniões de todos os intervenientes sobre o que funcionou bem no passado e o que poderá ser melhorado no futuro.

I13136-SEMXNOME.JPG

Já foram realizadas e estão ainda a decorrer consultas semelhantes no âmbito de avaliações dos programas financeiros da UE em vigor em vários domínios de intervenção – coesão, investimento, investigação e inovação, PME e mercado único, migração, segurança, infraestruturas estratégicas e valores e mobilidade. As opiniões expressas nestas consultas vão ser tidas em consideração no processo de elaboração do futuro quadro financeiro plurianual e, por conseguinte, da próxima geração de programas financeiros que receberão dotações para prestar apoio financeiro a centenas de milhares de beneficiários, como regiões, cidades, ONG, empresas, agricultores, estudantes, cientistas e muitos outros.

No período de 2014-2020, foram adotadas algumas medidas para aumentar a eficácia e reformar a política de coesão: uma ligação mais estreita entre estes fundos e a agenda da política económica da União, introdução de condicionalidades ex ante a fim de assegurar que estejam reunidas as condições necessárias para uma utilização eficaz e eficiente dos fundos, uma maior orientação para os resultados e uma utilização acrescida de instrumentos financeiros.

A política de coesão dispõe, atualmente, de três fundos: o Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), o Fundo de Coesão, e o Fundo Social Europeu (FSE). Esta consulta abrange também outros fundos da UE com objetivos semelhantes no domínio da coesão social e do desenvolvimento: Fundo Europeu de Ajustamento à Globalização (FEG); Fundo de Auxílio Europeu às Pessoas mais Carenciadas (FEAD); programa para o Emprego e a Inovação Social (EaSI), bem como iniciativas como a rede pan-europeia de procura de emprego EURES. O Programa de Apoio às Reformas Estruturais (PARE) contribui também para alcançar os objetivos da política de coesão.

Aceda ao texto de enquadramento da consulta pública sobre os fundos UE no domínio da Coesão aqui e preencha o questionário aqui.

Cooperação LEADER

COOPLEADER.JPG

Edição da DGADR e Minha Terra, publicada no âmbito do projeto Territórios em Rede II, com o apoio do Programa para a Rede Rural Nacional.

Terra Viva

 

 I16-MTX1.JPG

O programa “Terra Viva”, emitido pela TSF em 2011 e em 2014, reforça a aposta de comunicação da MINHA TERRA, divulgando e promovendo iniciativas de desenvolvimento local, em meio rural.

 

Territórios em Rede

TR07MAI2013.JPG

Territórios em Rede é a revista da Cooperação LEADER, editada no âmbito do projeto Territórios Rurais em Rede - financiado pelo Programa para a Rede Rural Nacional.

3 Projetos LEADER

3PROJETOSLEADER0910.JPG

A publicação “3 Projetos LEADER” dá a conhecer projetos apoiados no âmbito daAbordagem LEADER nos Programas de Desenvolvimento Rural do Continente (PRODER), Açores (PRORURAL) e Madeira (PRODERAM). 





Newsletter

Plano de Informação LEADER 2020

I17-LOGOXLEADER2020.JPG

Pessoas e Lugares

I1-PL18JUN2015.JPG

O jornal Pessoas e Lugares é um projeto editorial e de comunicação da MINHA TERRA dedicado ao LEADER.

Minha Terra no Facebook

I5-I5-FB.JPG

Bolsa de Terras

I8-BOLSAXTERRAS.JPG

A Federação Minha Terra e 35 ADL associadas parceiras estão autorizadas para a prática de atos de gestão operacional (GeOP) da Bolsa de Terras.

Receitas e Sabores dos Territórios Rurais

 

 I15-LIVROX7MG.JPG 

O livro “Receitas e Sabores dos Territórios Rurais”, editado pela Federação Minha Terra, compila e ilustra 245 receitas da gastronomia local de 40 territórios rurais, do Entre Douro e Minho ao Algarve.





SICLIK.COM.S8V2.MINHATERRA.PT.4